30 de abril de 2011

O SONHO DO CELTA


O SONHO DO CELTA

"O Prêmio Nobel de Mario Vargas Llosa veio no momento certo. (...) O novo romance, O sonho do celta, é uma adição magnífica a uma obra que a Academia Sueca premiou com total acerto." - The Times Literary Suplement

"Uma obra-prima, em que a documentação histórica se alia à audácia e à genialidade do novo Nobel." - ABC, Espanha.

"Um romance excepcional." - El País

Em O sonho do celta, Mario Vargas Llosa volta à forma do romance histórico para narrar a saga de Roger Casement, um personagem complexo, muitas vezes controverso. Irlandês a serviço do Império Britânico, Casement conheceu a violência da colonização na África e na América do Sul no começo do século XX. Ao denunciar os abusos e os maus-tratos contra colonos, passou a valorizar a liberdade acima de tudo. E, em nome da liberdade, voltou-se contra seu próprio governo.

Em 1916, encarcerado em um presídio de segurança máxima em Londres, Roger é acusado pelo governo inglês de alta traição e aguarda sua sentença. Apenas cinco anos antes, havia sido nomeado Cavalheiro. Agora, abandonado por quase todos os amigos, difamado pela opinião pública, corre o risco de ser executado.

Vargas Llosa recria a jornada de Casement - das atrocidades no Congo Belga, passando pela exploração da borracha na Amazônia, até a luta pela independência da Irlanda - num livro que fala essencialmente sobre coragem e superação.

Para o autor, este é também um livro que fala sobre como "certas circunstâncias desumanizam os homens até transformá-los em monstros": "No Peru ocorreu o mesmo que aconteceu no Congo, com o sistema de extração de borracha. Cometiam-se as maiores atrocidades sob a mais absoluta impunidade. É como uma espécie de imersão no mal. Casement viu tudo isso de perto, mas conseguiu manter distância e se proteger da loucura escrevendo e documentando o que via", analisa o escritor em entrevista ao jornal El País.

Segundo Vargas Llosa, o nacionalismo fervoroso de Casement, característica incomum em seus heróis literários, reflete o aspecto mais idealista do termo: "Sempre tive horror dessa forma de fanatismo. O nacionalismo me parece a pior construção do homem. E o caso mais extremo de nacionalismo é o cultural, ainda que em certas circunstâncias ele possa representar valores libertários."

Vargas Llosa reconhece que em certas "civilizações esmagadas", que aspiram a libertar-se de seus colonizadores, o nacionalismo tem um valor positivo. "Mas ele é perigoso quando se converte em uma ideologia. Aí, pode significar violência, prejuízos, distorção de valores. Casement incorporou o lado mais idealista, que é o que luta contra o opressor.

Sobre o autor:


Jornalista, dramaturgo, ensaísta e crítico literário, Mario Vargas Llosa é um escritor consagrado internacionalmente. Nascido em Arequipa, no Peru, em 1936, ganhou notoriedade literária com a publicação do premiado romance A Cidade e os Cães (1961). Mudou para Paris nos anos 60, e lecionou em diversas universidades americanas e européias, ao longo dos anos.
Com uma vasta produção literária, que inclui peças teatrais, ensaios e memórias, Vargas Llosa publicou sobretudo romances, entre eles Conversa na Catedral, Pantaleão e as Visitadoras, Tia Júlia e o Escrevinhador, A Guerra do Fim do Mundo, Quem Matou Palomino Molero? e Cartas a um Jovem Escritor.
Foi vencedor dos prestigiosos prêmios Cervantes, Príncipe de Astúrias, PEN/Nabokov e Grinzane Cavour. Numa incursão ao mundo da política, candidatou-se, em 1990, à presidência do Peru, perdendo a eleição para Alberto Fujimori. O autor vive entre Londres, Paris, Madrid e Lima.

Autor: Mario Vargas Llosa

Tradução: Ari Roitman e Paulina Wacht

Gênero: Ficção

ISBN: 9788579620676

Lançamento: 02/05/2011

Formato: 15 x 23,4

Número de páginas: 392

Preço: R$ 47,90

Leia um trecho do livro

JOGO SUJO - MUNDO SECRETO DA FIFA


JOGO SUJO
O MUNDO SECRETO DA FIFA

“Repórteres investigativos nem sempre vivem para ver os caras malvados receberem a merecida punição, mas o mundo inteiro assistiu ao desmantelamento da corrupção olímpica em 1998, quando o Senado dos Estados Unidos investigou o escândalo e fui convidado a depor como testemunha em Washington. Eu podia ter parado por aí. Mas foi então que recebi um telefonema de Colin Gibson, editor de esportes do Daily Mail, pedindo que eu desse uma olhada nas pessoas que comandam o futebol internacional. ‘Ah, Colin, pare com isso. O futebol é coisa graúda. Eu levaria anos para descobrir o que acontece dentro da Fifa.’ Levei anos. As coisas que descobri são tão estarrecedoras que até eu mesmo fiquei chocado. Alguns caras malvados passaram por lá − ou ainda estão lá − tirando tudo o que podem. O futebol ainda é um jogo bonito, é claro. Isso eles não podem roubar de nós. Mas, conforme você vai ler aqui, na Fifa acontecem negócios abomináveis. Eu gostaria que o futebol tivesse a liderança que merece. Nesse espírito, dedico este livro a todos os torcedores e fãs do futebol.”

“A Panda Books faz um gol histórico ao trazer para o Brasil o livraço de Andrew Jennings. Jennings é um destemido repórter inglês que brinca com as palavras para denunciar a sério, e na BBC, o nebuloso grande mundo do futebol.”
Juca Kfouri

“Com a pontaria muito mais calibrada que a dos artilheiros da Copa do Mundo, o jornalista vai relatando casos de corrupção que apurou para produzir seu livro sobre a Fifa – mesmo sendo o único jornalista do mundo banido das coletivas da entidade desde 2003.”
O Estado de S. Paulo

“Jennings se tornou o inimigo número 1 da Fifa, especialmente se seu presidente, Joseph Blatter.”
Carta Capital

Sobre o autor

Andrew Jennings é reporter investigativo há mais de trinta anos, cineasta, consultor e comentarista. Trabalhou nos jornais britânicos The Sunday Times e Daily Mail, na BBC, além de contribuir em diversas publicações. Autor de documentários e livros sobre corrupção nos esportes, Jennings tornou-se conhecido no mundo todo como o “único profissional de imprensa banido das coletivas da Fifa”. Traduzido para mais de 12 línguas, Jogo sujo [Foul!] foi transformado em documentário da BBC e exibido em todo o mundo.

Visite o site do autor www.transparencyinsport.org


Título: Jogo Sujo
Subtítulo: O mundo secreto da Fifa: compra de votos e escândalos de ingressos
Número de páginas: 352
Autor: Andrew jennings
Peso: 0,505 kg
ISBN: 978-85-7888-114-6
Editora: Panda Books
Assunto: Esportes
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 49,90

LEIA UM TRECHO DO LIVRO


UMA ESTRANHA SIMETRIA



Da mesma autora do best-seller A Mulher do Viajante no Tempo, com mais de cinco milhões de exemplares vendidos

"Maduro, complexo e convincente." – The New York Times

"Como em A Mulher do Viajante no Tempo, um romance que transpõe todas as barreiras naturais."– The Washington Post

Depois de uma elogiada estréia literária, Audrey Niffenegger escreve em seu segundo romance sobre a relação entre irmãos gêmeos. A história de Uma estranha simetria, gira em torno da morte de Elspeth Noblin, que transforma-se em um fantasma. "Elspeth se torna um fantasma porque, ao morrer, ela se recusa a ir embora. É essencialmente a sua própria vontade que a mantém aqui. O que eu deixo um pouco no ar é o quão sincera ela está sendo. Ao longo do livro é a sua extrema força de vontade que faz tudo acontecer", explica a autora.

Quando Edie, a irmã gêmea de Elspeth, recebe a notícia de sua morte, vem junto uma surpresa: ela deixou para as sobrinhas o seu apartamento com vista para o imponente cemitério Highgate, em Londres - com a condição de que as duas vivam lá por um ano. Quanto a Edie e seu marido, Jack, o testamento estipula que não podem acompanhar as meninas na mudança nem entrar no apartamento.

"Querida e, Eu te disse que avisaria... então lá vai... adeus. Tento imaginar como seria se fosse com você... mas é impossível imaginar um mundo sem você, mesmo depois de termos passado tanto tempo separadas. Não deixei nada para você. Você recebeu a minha vida. É o bastante. Em vez disso, estou fazendo uma experiência... deixei tudo para as gêmeas. Espero que elas apreciem. Não se preocupe, tudo vai ficar bem. Diga adeus ao Jack por mim. Com amor, apesar de tudo,e".

As gêmeas Julia e Valentina, de 20 anos, têm uma forte conexão, como se espera de irmãs condicionadas à presença uma da outra desde o útero. Situação muito diferente da que vivia sua mãe e sua tia, Elspeth: não se viam há 21 anos, e viviam a um oceano de distância. As meninas nunca tinham estado em Londres. Nunca haviam saído dos Estados Unidos. Londres era a terra de sua mãe, mas Edie e Jack raramente falavam sobre o assunto. Agora, Edie era americana - tinha se tornado nativa, ou quase isso. A família Poole morava em um subúrbio de Chicago que fingiu, em seus primórdios, ser uma aldeia inglesa.

Mas a descoberta de que estava prestes a morrer, faz com que Elspeth quisesse se aproximar de suas sobrinhas. As razões da tia, desvendadas pouco a pouco, são inusitadas e inesperadas. Em uma carta endereçada as gêmeas, ela revela: "Eu esperava conhecê-las algum dia, mas isso não vai acontecer. Talvez vocês estejam se perguntando por que estou deixando todos os meus badulaques para vocês e não para a sua mãe. A melhor explicação que posso dar é que me sinto bastante esperançosa em relação às duas. Fico curiosa em saber que proveito poderão tirar da situação. (...) Talvez vocês considerem minhas condições um pouco duras. (...) Não estou tentando semear discórdia na sua família. Estou tentando proteger minha própria história. Uma coisa ruim sobre estar à beira da morte é que comecei a sentir que minha vida está sendo apagada. Outra coisa ruim é que não vou conseguir descobrir o que vai acontecer depois". É assim que Julia e Valentina, segunda geração de gêmeas da família Poole, partem rumo a uma experiência transformadora.

Sobre a autora:

Audrey Niffenegger é artista plástica e leciona criação literária, impressão tipográfica e produção editorial de luxo em uma universidade de Chicago.


Autora: Audrey Niffenegger

Tradução: Lívia Almeida

Gênero: Ficção e Suspense

ISBN: 9788560280797

Formato: 16 x 23

360 páginas

Preço: R$ 42,90

EXISTEM CROCODILOS NO MAR

EXISTEM CROCODILOS NO MAR

“Um livro belíssimo, que lança luz sobre a dignidade de um ser humano e a coragem de sobreviver.” – Vanity Fair

“Um relato de uma extraordinária delicadeza” – La Repubblica

“Comovente. Irônico. Admirável.” – Grazia

A história real do menino que cruzou a Ásia para escapar dos talibãs

Enaiatollah Akbari, 22 anos, revela que atravessar o Paquistão, o Irã, a Turquia e chegar à Europa, depois de ser abandonado pela mãe, de cair na rede do tráfico humano e de viajar durante dias trancado num caminhão com dezenas de homens sem banheiro, não teve nada a ver com coragem. "Foi sorte", explica. Existem crocodilos no mar, bestseller italiano que conta sua vida, parece ficção, mas é a história verídica do menino afegão que foi abandonado pela mãe numa cidade nova, num país estranho, aos dez anos de idade. Sair do Afeganistão era sua única esperança de sobrevivência. Akbari deixou a escola e as brincadeiras infantis para embarcar numa odisseia por dois continentes.

"Quer saber? O fato é que eu não esperava que ela fosse embora de verdade. Não quando você tem 10 anos e ela o põe para dormir à noite. (...) Mesmo que sua mãe, antes de colocá-lo para dormir, tenha segurado sua cabeça, apertando- a contra o peito por um tempão, mais do que de costume, e dito: Três coisas você não deve fazer na vida, Enaiat jan, por nenhum motivo. A primeira é usar drogas. (...) A segunda é usar armas. (...) A terceira é roubar. O que é seu lhe pertence, o que não é seu, não. Seja acolhedor e tolerante com todo mundo. Prometa que fará isso. Prometido", conta Akbari.

Cinco anos mais tarde, Enaiatollah pôs os pés em um novo continente, sem quebrar nenhuma de suas promessas, e retomou seus estudos e sua infância. Depois de conhecer Fabio Geda, resolveu lhe contar sua incrível história de sobrevivência e superação. Durante oito meses o jornalista italiano conversou com Akbari e escreveu o que se transformou em um sucesso de vendas que em breve ganhará uma versão cinematográfica.

O livro começa quando a mãe de Enaiatollah, viúva há quatro anos, leva o filho para o Pasquitão com medo que os pashtun (etnia afegã) o tomem como escravo. "Todos os dias eram difíceis. Em cinco ou seis anos tive medo. Quando atravessei a montanha ou viajei dentro do caminhão durante dias com pouca água, foi muito duro. Mesmo a primeira viagem para entrar no Paquistão", conta o menino.

A biografia romanceada é interrompida por diálogos verídicos entre Enaiatollah e o jornalista. "Não queria que o leitor se esquecesse de que era uma história verdadeira. É também uma forma de relembrar a importância de escutar os outros, de contar histórias. Dedicamos pouco tempo escutando as pessoas. Este livro é um modo de transformar a massa dos imigrantes clandestinos que vemos nos jornais em histórias mais próximas, com um rosto", explica Fabio.

Existem Crocodilos no Mar reflete a geografia árida do preconceito, constituindo um relato pessoal de acontecimentos dramáticos, amizades verdadeiras e sonhos singelos de um menino que só queria ter uma vida normal. Sua força interior e seu senso de humor são provas de que nem as mais terríveis adversidades são capazes de roubar o sorriso e a inocência da infância.

Sobre o Autor:

Fabio Geda é professor e escritor e vive em Turim, na Itália. Ele se dedica ao desenvolvimento cultural de jovens e colobora com instituições como a Escola Holden, o Círculo de Leitores de Torino e a Fundação da Livro, da Música e da Cultura. Fabio é autor de romances premiados na Itália e escreve sobre educação no jornal La Stampa e na revista Linus. Existem Crocodilos no Mar passou um ano na lista de mais vendidos na Itália e será publicado em mais de vinte países.

Autor: Fábio Geda

Tradução: Joana Angélica d'Avila Melo

Gênero: Autoajuda

ISBN: 9788539002221

Lançamento: 04/07/2011

Formato: 14 x 21

Número de páginas: 174

Preço: R$ 24,90

A ÁRVORE DAS LÁGRIMAS


A árvore das lágrimas

“Uma jornada espiritual ao encontro do poder do perdão.” – San Francisco Book Review

“Cheio de compaixão, sem nenhum sentimentalismo.” – The Guardian

“Como na vida real, não há saídas simples para esses personagens, mas eles seguem seus caminhos, dando um passo de cada vez.” – Las Vegas Review-Journal

Irene e Nate Stanley viviam bem com os filhos Bliss e Shep na fazenda da família até Nate anunciar que recebeu uma proposta de trabalho irrecusável em outro estado. Irene reage mal à notícia. Parece pressentir que algo de ruim vai acontecer. Quando a família começa a se ambientar ao novo lar e finalmente digerir a mudança, os temores de Irene se concretizam: Shep, aos 15 anos, é morto a tiros num aparente assalto à casa da família. O assassino, Daniel Robbin, um jovem mecânico com extensa ficha criminal, é capturado e recebe a pena de morte.

Muito tempo depois, Irene ainda não conseguiu superar a perda do filho. Seus anos seguintes resumem-se na ansiosa espera pela execução de Daniel. A angústia e o desespero que sente são tamanhos que Irene cogita buscar contato com o assassino, trocar cartas com ele e tentar entender seus motivos. Tentar perdoá-lo e, assim, quem sabe colocar um ponto final em toda a dor. Uma decisão difícil de explicar à família e que, por isso mesmo, ela esconde pelo maior tempo possível.

Quando a data da execução se aproxima, as emoções de todos estão à flor da pele. Os Stanley ficam frente a frente com as feridas do passado e Irene vê que não é a única a guardar segredos. Todos ali carregam feridas pessoais e que só podem ser superadas se estiverem dispostos a lidar com a tolerância e o perdão. "Não escrevi o livro para fazer um panfleto sobre a pena de morte. Intelectualmente eu sou contra essa medida, mas confesso que não sei se minhas objeções resistiriam à vontade de vingança num caso como esses. Minha real intenção era fazer as pessoas confrontarem a questão do perdão. Como é perdoar, o que é preciso e o que isso pode nos trazer?", questiona a autora.

A Árvore das Lágrimas é o livro de estreia da jornalista Naseem Rakha e começou a tomar forma em 2003, quando ela conheceu a mulher que inspiraria a história. "Foi durante uma passeata em Silverston (Oregon), cidade onde eu morava. Ela havia acabado de visitar um interno que estava no ‘corredor da morte'. Esse mesmo homem tinha matado sua filha vinte e um anos antes. Durante dez anos essa mulher acreditou que a execução da sentença acabaria com a sua dor, mas, em determinado ponto, sentiu que precisava desistir de sua vingança. Ela então escreveu para o homem dizendo que o perdoava. A impensável mistura entre o mais profundo desespero e a reconciliação me motivou a explorar essa jornada complexa de sentimentos".

Sobre a autora:

Naseem Rakha é uma jornalista de rádio premiada, com reportagens transmitidas pelas estações National Public Radio, Monitor Radio, Living on Earth e Marketplace. Ela trabalhou como repórter de política para um consórcio de estações de rádio públicas nos estados americanos de Oregon, Idaho, Washington e Carolina do Norte. Este é seu primeiro romance. Atualmente, vive em Oregon com o marido, o filho e vários animais de estimação.

Autora: Naseem Rakha

Tradução: Renato Marques

Gênero: Ficção

ISBN: 9788560280575

Lançamento: 02/05/2011

Formato: 16 x 23

Número de páginas: 352

Preço: R$ 39,90

Leia um trecho do livro

RIQUEZA DO MUNDO


A RIQUEZA DO MUNDO

A ser lançado para o próximo dia das mães, tem tudo para repetir o sucesso de Múltipla escolha que chegou ao primeiro lugar de todas as listas no ano passado.

Neste novo ensaio sobre a existência, Lya Luft fala daquilo que conquistamos ou que nos é concedido: os delírios da arte, as aventuras da ciência, os campos lavrados, os mares e os céus que sondamos. Mas fala também do que desperdiçamos ou matamos, da pobreza advinda do desinteresse, da dor nascida da traição, das crenças que se digladiam. Uma leitura imprescindível.

A obra de Lya Luft ultrapassa a marca de 1.200.000 exemplares vendidos no Brasil.

Publicou cerca de 20 livros, entre eles Perdas & Ganhos e O silêncio dos amantes. É colunista da Veja.



Sobre a Autora:

ya Luft começou sua carreira literária em 1980, aos 41 anos, com a publicação do romance As parceiras, seguido por A asa esquerda do anjo (1981), Reunião de família (1982), Mulher no palco (1984), O quarto fechado (1984), Exílio (1987), O lado fatal (1988), A sentinela (1994), O rio do meio (1996, Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Artes), Secreta mirada (1997), O ponto cego (1999), Histórias do tempo (2000), Mar de dentro (2002), Perdas & Ganhos (2003), Pensar é transgredir (2004) e, no mesmo ano, Histórias de Bruxa Boa, sua estréia na literatura infantil, tema que retornaria em 2007 com A volta da Bruxa Boa. Em 2005, publicou o volume de poesias Para não dizer adeus e, em 2006, a reunião de crônicas Em outras palavras. Em 2008, após quase uma década afastada da ficção, Lya retorna ao gênero com O silêncio dos amantes. Formada em letras anglo-germânicas e com mestrados em Literatura Brasileira e Lingüística Aplicada, Lya trabalha desde os 20 anos como tradutora de alemão e inglês, e já verteu para o português obras de autores consagrados, como Virginia Woolf, Günter Grass, Thomas Mann e Doris Lessing, além de ter recebido o prêmio União Latina de melhor tradução técnica e científica em 2001 pela tradução de Lete: Arte e crítica do esquecimento, de Harald Weinrich. Desde 2004, assina a coluna Ponto de vista, da revista Veja.

Autor: Lya Luft
ISBN: 8501094056
Gênero: Ensaio/ Teoria literária
Páginas: 272
Formato: 14x21
Editora: Record
Preço: R$ 34,90

16 de abril de 2011

As 36 ESTRATÉGIAS SECRETAS

AS 36 ESTRATÉGIAS SECRETAS

As 36 estratégias secretas é uma coleção de ensinamentos antigos chineses que reúne algumas das práticas e filosofias mais valiosas do Extremo Oriente. São estratégias que abordam o sucesso em diferentes tipos de "batalhas" e conflitos - corporativo-empresariais, político-diplomáticos e militares -, e representam um verdadeiro tesouro da sabedoria chinesa.
Hiroshi Moriya, autoridade de grande reconhecimento internacional em filosofia e cultura chinesa, explica cada estratégia com exemplos da história antiga e da recente, a fim de elucidar seu significado.

O livro está organizado em seis partes, cada uma com estratégias para diferentes objetivos: para a vitória na batalha; para engajar o inimigo; para ataque; para situações ambíguas; para batalhas unificadas e para uma batalha perdida.
Como em outras obras clássicas, a exemplo de O livro dos cinco anéis, de Miyamoto Musashi, e A arte da guerra, de Sun Tzu, As 36 estratégias secretas oferece a empresários, executivos, gerentes, diplomatas, políticos e estrategistas militares insights de valor inestimável para compreender, interpretar e combater até mesmo as ações do adversário mais bem preparado.

Público-alvo: Executivos, empresários, gestores e líderes de empresas que desejam se preparar para qualquer desafio e encarar seus adversários sem medo.

Título: As 36 Estratégias Secretas
Autor: Hiroshi Moriya
Editora: Évora
Origem: China
Assunto: Gestão, negócios, carreira.
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-63993-11-3
Edição:
Número de Páginas: 225
Acabamento: Brochura
Preço: R$ 29,90

A PIRÂMIDE DE SUCESSO


A PIRÂMIDE DE SUCESSO

Neste livro, John Wooden explica como um líder deve orientar os colaboradores para se esforçarem ao máximo, buscando a alta performance nas suas atividades. O autor trata das qualidades mentais, emocionais e físicas essenciais à construção de uma equipe ou organização vencedora. Mostra como desenvolver habilidade, confiança e a chama competitiva necessárias para que cada um "dê o melhor de si quando o melhor de si é exigido".

Outros assuntos abordados por Wooden são: como lidar com a derrota, habilidades de liderança para se melhorar o desempenho e superação das limitações que as próprias pessoas se impõem. Assim como o livro Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie, é um grande clássico sobre desenvolvimento pessoal e relacionamentos, A Pirâmide do Sucesso é um dos principais livros de liderança e gestão que já foi escrito.

Público-alvo: Empresários, líderes, executivos, gerentes, organizações e colaboradores que desejam descobrir os grandes segredos de liderar bem uma equipe de sucesso.

Título: A pirâmide do sucesso
Autores: John Wooden - Steve Jamison
Editora: Évora
Origem: EUA
Assunto: Gestão, negócios, empresas, liderança.
Formato: 16 x 23cm
ISBN: 978-85-63993-13-7
Edição:
Número de Páginas: 276
Acabamento: Brochura
Preço: 39,90

NAÇÃO EMPREENDEDORA


NAÇÃO EMPREENDEDORA
O milagre econômico de Israel e o que ele nos ensina

Israel é um dos países mais inovadores e empreendedores do mundo, estando na vanguarda de vários segmentos de alta tecnologia: biotecnologia, segurança, tecnologia da informação, equipamentos médicos, tecnologias limpas e sustentáveis (cleantech) etc. Como é possível - um país de pouco mais de 7,6 milhões de pessoas (dados de 2010), com seis décadas de existência, em um território sem recursos naturais e em constante situação de conflito militar desde a sua fundação - gerar mais empresas iniciantes (start-ups) do que nações maiores, pacíficas e estáveis como o Japão, China, Índia, Coréia do Sul e Reino Unido? Por que Israel possui mais companhias listadas na bolsa de tecnologia NASDAQ do que toda Europa, Japão, Índia, China, Coréia do Sul e Cingapura somados? Como pode Israel atrair, por habitante, duas e três vezes mais investimentos de capital de risco (venture capital) do que os EUA e a Europa, respectivamente?

Baseando-se nas histórias de pessoas que têm um papel central no desenvolvimento de Israel, a exemplo de seus inventores e investidores, os autores mostram como a cultura do país movida pela adversidade, o jeito de pensar e a atitude perante a vida dos israelenses, a forma como empresas e universidades são administradas e as políticas públicas realizadas pelo governo forjaram uma sociedade extremamente inovadora e empreendedora. Como o livro Nação Empreendedora mostra, as lições de Israel podem ser de grande inspiração para nós brasileiros construirmos o desenvolvimento sócio-econômico do nosso país no presente e no futuro.


Público-alvo: Empresários e investidores que desejam aprender mais sobre o desenvolvimento sócio-econômico a fim de gerenciar estratégias inovadoras de administração e empreendedorismo.

Título: Nação Empreendedora
Autores: Dan Senor - Saul Singer
Editora: Évora
Origem: EUA
Assunto: Gestão, negócios, empresas, empreendedorismo, economia.
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-63993-17-5
Edição:
Número de Páginas: 336
Acabamento: Brochura
Preço: R$ 64,90

9 de abril de 2011

SUPERAPRESENTAÇÕES



SUPERAPRESENTAÇÕES
Como vender ideias e conquistar audiências

Sócios-fundadores da SOAP, a maior empresa de apresentações do Brasil, Eduardo Adas e João Galvão tratam neste livro da importância das apresentações na comunicação corporativa e nos momentos decisivos de qualquer negócio. Em suas páginas, eles revelam em detalhes a metodologia que utilizam para criação de apresentações no estado da arte, capazes de encantar audiências, transmitir conceitos com propriedade e atuar em prol da adesão desejada pelo apresentador.

Sinopse: Livro ensina os leitores a fazerem apresentações fora de série e destaca a importância dessa forma de comunicação. Elaborado pelos sócios-fundadores da Soap, a maior empresa de apresentações do Brasil.

O livro trata de diversos assuntos relacionados a apresentações:

• Como as apresentações podem beneficiar suas ideias, propostas e produtos
• Estratégias para elaboração de apresentações fora de série
• A arte de contar histórias nas apresentações
• Orientações para criação de roteiros coerentes e bem estruturados
• Dicas para elevar a atenção da audiência
• A importância do domínio do roteiro e o treinamento do apresentador
• Linguagem visual: como usar o PowerPoint a seu favor
• Particularidades das apresentações virtuais e autoexplicativas

Os autores

Joni Galvão: paulistano nascido em novembro de 1969, desde cedo sempre foi fascinado pela inovação. Na vida profissional, passou anos buscando um lugar onde pudesse dar vazão ao turbilhão de ideias que ininterruptamente brotavam em sua mente. E foi em 2003 que ele finalmente encontrou esse espaço, ao criar com o primo e amigo Eduardo Adas a SOAP: uma empresa especializada em elaborar apresentações, a primeira no Brasil, nos ousados moldes que os dois idealizavam. Desde então, suas ideias têm sido uma das principais matérias-primas dessa empresa, que em sete anos de atuação superou as 7.000 apresentações realizadas para mais de 700 clientes, atendidos por escritórios estabelecidos no Brasil, em Portugal e nos Estados Unidos.

Eduardo Adas: Engenheiro de Produção, Eduardo nasceu em São Paulo em 1965. Desde jovem, sempre se interessou por estratégias e processos. Em 15 anos de experiência como consultor, pôde atestar a importância da comunicação nos momentos decisivos das empresas, ao observar excelentes ideias caírem por terra por não terem sido bem comunicadas ou vendo ideias medíocres ganharem destaque, sustentadas por uma boa comunicação. Sócio-fundador e diretor da SOAP, desde 2008 tem disseminado a importância da comunicação corporativa e suas técnicas de elaboração de apresentações, em workshops que vem ministrando regularmente no Brasil e em Portugal.

Título: Superapresentações
Sub Título: Como vender ideias e conquistar audiências
Número de páginas: 184
Autores: Joni Galvão e Eduardo Adas
ISBN: 978-85-7888-104-7
Editora: Panda Books
Assunto: Não-ficção, carreiras, comunicações
Formato: 21x21 cm
Preço: R$ 55,90
Peso: 0, 754

A MARCA DO ZORRO


A MARCA DO ZORRO

O jovem fidalgo Don Diego de la Vega assume a identidade secreta de “El Zorro” (“a raposa”) para defender o povo explorando pelos soldados espanhóis que dominam a região de San Juan Capistrano, no México. O cavaleiro mascarado enfrenta os homens do Sargento Gonzales e cruza sua espada com o capitão Ramón na disputa pelo coração de bela Lolita Pulido. A marca do Zorro é um clássico da literatura que deu origem a um dos heróis mais famosos de todos os tempos.


Na sala de aula

O personagem Zorro foi criado em 1919, período em que o mundo contabilizava os estragos da Primeira Guerra Mundial. O romance tem como cenário histórico o processo de independência do México no início do século XIX. A situação colonial do México e a exploração por parte da Espanha pode ser abordado pelo professor de História; a criação de um personagem-herói para entreter o mundo pós-guerra poderá ser discutido nas aulas de Filosofia; e a influência que o mascarado exerceu na literatura universal e na criação de outros personagens emblemáticos gera discussão na aula de Literatura.


O autor

Johnston McCulley nasceu em 2 de fevereiro de 1883. Autor de contos, romances e vários roteiros para cinema e televisão, começou sua carreira como repórter policial e serviu como oficial de relações públicas do exército norte-americano durante a Primeira Guerra Mundial. Criou o personagem Zorro em 1919, publicando suas aventuras em fascículos. O sucesso foi tão grande que no ano seguinte o romance de capa e espada chegou às telas dos cinemas, fazendo de Zorro o herói mascarado mais famoso de todos os tempos. McCulley faleceu em 23 de novembro de 1958, em Los Angeles, Califórnia, aos 75 anos.

Título: A marca do Zorro C
Número de páginas: 328
Autor: Johnston McCulley
Peso: 0,398 Kg
ISBN: 978-85-7888-113-9
Editora: Panda Books
Assunto: Clássico da literatura universal; Conflito México X Espanha
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 39,90
LEIA UM TRECHO DO LIVRO

GOOGLE MARKETING

GOOGLE MARKETING
O GUIA DEFINITIVO DO MARKETING DIGITAL


Nesta edição, o autor apresenta uma metodologia que tem o intuito de obter resultados em estratégias de marketing digital para empresas e profissionais liberais. Por meio desta metodologia, Conrado Adolpho apresenta como pesquisar o mercado-alvo levantando tendências e movimentos de concorrentes e consumidores utilizando redes sociais e o próprio Google. Além disso, ensina como desenvolver o planejamento de marketing digital para alinhar a estratégia corporativa com as ações de marketing digital, e apresenta técnicas para produzir conteúdo de forma a garantir uma boa posição no Google e a aumentar a taxa de conversão de visitantes em clientes por meio de um conteúdo persuasivo para internet. O leitor irá aprender quais funcionalidades devem estar presentes em seu site para gerar tráfego e obter mailing qualificado por meio de iscas digitais, além de como promover seu produto ou serviço na internet por meio de ações de marketing viral e como trabalhar sua marca em redes sociais e desenvolver campanhas eficientes de e-mail marketing. O autor também apresenta passo a passo como trabalhar com mensuração de resultados pelo Google Analytics, aumentando continuamente o faturamento e a lucratividade.


Título: Goggle Marketing
Sub Título: O guia definitivo do marketing digital
Autor: Conrado Adolpho Vaz
Editora: Novatec
ISBN: 857522204x
ISBN-13: 9788575222041
Formato: 24 x 17 cm 3ª Edição - 2010
Número de páginas: 656 pág.
*** NO PRELO ***

PARTO COM AMOR


PARTO COM AMOR

Este livro reúne histórias de mulheres para mulheres. Revela a trajetória percorrida por nove mães – entre elas a autora – para conquistar o parto desejado. Seus medos, fraquezas e dificuldades estão aqui expostos da mesma forma simples e sincera com que suas alegrias e vitórias são compartilhadas. O instante do nascimento, as horas que o antecederam e os primeiros momentos de vida do bebê são eternizados em fotos que transbordam emoção.

"O parto pode ser sim um momento poderoso de transformação, alegria e prazer. Espero que esse livro inspire muitas mulheres."
Gisele Bündchen

“São histórias encantadoras, complexas, mostrando as idas e vindas das descobertas e dos impasses; seu enfrentamento, o esforço, as recompensas, as delícias, a alegria, a magia de viver esse momento com sua presença total, física e emocional, ao lado das pessoas de sua confiança. As fotos são magníficas em sua sutileza no que se refere aos delicados, intensos, complexos sentimentos envolvidos. Um livro imperdível, extraordinário, com grande capacidade de inspirar a coragem naquelas mulheres e naqueles homens que adentram a aventura da gravidez, do parto e da parentalidade.”

Simone G. Diniz, médica e professora doutora da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.


“O Brasil é conhecido no mundo todo por seu altíssimo índice de cesárea. Tendo visitado o país muitas vezes, estou ciente de sua trágica tendência a medicalizar o parto, ou seja, transformá-lo em um evento médico, supervisionado por médicos, em vez de tratá-lo como aquilo que realmente é: um acontecimento familiar do qual a mulher é a protagonista. Este livro oferece uma contribuição importante ao mostrar como nove famílias assumiram o controle da gestação e conseguiram um parto humanizado, seja no hospital, numa casa de parto ou em casa.”

Marsden Wagner, médico e cientista americano,ex-diretor de Saúde da Mulher e da Criança da Organização Mundial da Saúde.

Os autores

Luciana Benatti e Marcelo Min são jornalistas em São Paulo, onde colaboram regularmente com publicações da grande imprensa. Casados, têm dois filhos: Arthur e Pedro, nascidos de parto natural. Parto com amor, seu primeiro livro, surgiu do desejo de compartilhar suas descobertas e mostrar que um parto consciente, prazeroso e transformador é algo possível.

Titulo: Parto com amor
Número de páginas: 228
Autores: Luciana Benatti e Marcelo Min
ISBN: 978-85-7888-105-4
Editora: Panda Books
Assunto: Mulher, família, saúde, gravidez
Formato: 19 x 24,5 cm
Preço: R$ 56,90


Leia um trecho do livro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...